Os mancebos de Crestuma a prepararem-se para a Batalha de Aljubarrota

Os alunos do 3.º e 4.º anos da EB Urbano Santos Moura participaram, no dia 8 de abril, numa visita de estudo ao Castelo de Santa Maria da Feira, onde puderam assistir e participar numa dinamização com carácter lúdico e pedagógico, mais concretamente numa simbiose entre a música, a dança, artes circenses, o teatro e os conteúdos curriculares da História de Portugal.

A feira da música e da amizade

Na passada semana, as(os) alunas(os) da EB1 de S. Miguel e as crianças do JI de Seixo-Alvo brindaram-nos com um espetáculo musical de que muito nos orgulhamos. Integrado no Projeto Holograma, o espetáculo designado “A feira da música e da amizade” evidenciou o quanto as(os) nossas(os) crianças e jovens são uns verdadeiros artistas.

É claro que tudo isto só foi possível porque o pessoal docente e não docente se empenhou e se dedicou num trabalho colaborativo com as(os) formadoras(es) da Casa da Música. Por isso, o nosso sincero obrigado por tudo o que fizeram por todos os participantes, pois o resultado foi espetacular.

Não podemos terminar sem agradecer à autarquia pela oportunidade e pelo desafio para agarrar este projeto.

Visita a Guimarães | EB1 de Igreja e Lavadores

Ontem, dia 1 de abril, os alunos da EB1 de Igreja e Lavadores tiveram oportunidade de visitar o castelo de Guimarães e o Paço dos Duques de Bragança, onde assistiram a um excelente espetáculo de marionetas, recriando a história da fundação de Portugal.

Para finalizar, visitaram a zona histórica da cidade e provaram os famosos Cardeais, doces típicos desta cidade. 

…e porque hoje é o Dia Mundial da Poesia!

Hoje, dia 21 de março, celebra-se o Dia Mundial da Poesia, o Dia da Árvore, a primavera…

A turma de 2.° ano da Escola Básica das Hortas realizou um pequeno trabalho relacionado com a poesia – “Poesia à janela”. Cada aluno escreveu uma poesia numa pequena bandeira que foi, de seguida, colocada nas janelas da sala de aula.

Dia L

Integrado na Semana da Leitura, a turma 2A da EBUSM, assinalou o Dia L, pelas 11h, com um momento de leitura do texto “A Revolução das Letras”, de Manuel António Pina.