Oficina «Partituras para o Corpo»

No dia 13 de março, as alunas do CPTAI, acompanhadas pelas professoras Antonieta Carvalho e Ermelinda Vieira, visitaram Serralves e aprenderam na oficina «Partituras para o Corpo» diferentes formas de comunicar.

Com recurso a materiais simples, a monitora ensinou formas de expressão corporal que futuramente serão aplicadas em contexto de trabalho.

A Escola és tu! | Artes Visuais

No dia dedicado à atividade “A Escola és tu!”, o grupo de Artes Visuais desenvolveu duas iniciativas para os alunos e restante comunidade educativa.

Dinamizou uma Oficina de Artes proporcionando, a quem por lá passou, a experimentação da técnica de stencil na criação de vários trabalhos plásticos que, posteriormente, foram expostos para todos apreciarem.

A segunda iniciativa prendeu-se com a perspetiva da Galeria de Arte Diogo de Macedo apresentar, igualmente, trabalhos realizados pelos alunos. Desta feita, o grupo organizou uma exposição intitulada “Auto Art”, com trabalhos realizados por alunos de algumas turmas do 9.º Ano. Nesta exposição foi possível apreciar diversos modos de representar a forma de vários modelos de automóveis de corrida, numa interessante relação entre figura e fundo. Esta exposição esteve patente na galeria até ao dia 13 de março de 2020.

A escola és TU! – Torneio de Voleibol

No dia 4 de março decorreu o Torneio de Voleibol misto, inserido nas atividades do dia “A escola és TU!”
As várias turmas do Ensino Secundário defrontaram-se entre si em animados e competitivos jogos tendo a turma do 12A sido a grande vencedora.
Parabéns a todos pela participação e pelo entusiasmo!

O 10.º ano foi ao teatro

No dia 21 de janeiro, no teatro Sá da Bandeira, no Porto, todos os alunos do 10.º ano assistiram à divertida peça vicentina “Farsa de Inês Pereira”, obra que integra o programa da disciplina.

Sessão sobre Higiene Pessoal

No dia 28 de janeiro, alguns alunos do 10.º D, dinamizaram uma sessão de sensibilização para a importância da higiene pessoal aos alunos do 6.º C.

Esta atividade surgiu como resposta a um convite dirigido pela Equipa do PES. No final da sessão foi distribuído aos alunos de forma simbólica, um Kit com produtos de higiene, de onde se destaca uma pasta dentífrica, gentilmente oferecida pela empresa Couto S.A, a famosa pasta Medicinal Couto.

Visita à Empresa Firmo

No dia 13 de janeiro, os alunos do 11.º C do Curso de Ciências Socio Económicas acompanhados pela Professora Antonieta Carvalho realizaram uma visita de estudo à empresa Firmo.

O objetivo da visita foi contextualizar os conhecimentos adquiridos na disciplina de Economia A. Acompanhados pelos engenheiros da Firmo puderam assistir à produção e embalamento de diferentes produtos, como sejam, os cadernos escolares onde diariamente fazem anotações das aulas.

O nosso Obrigada à Firmo.

Entrega dos certificados participação na “Celebração Eucarística”

A cerimónia de entrega dos certificados de presença, aos alunos participantes na “Celebração Eucarística”, atividade integrada nas comemorações do “Dia do Patrono” realizou-se dia 22 de janeiro, pelas 10:20, na biblioteca da Escola Secundária Diogo de Macedo.

Este momento foi presenteado com a atuação musical da tuna os “Dioguitos”.

Parabéns a todos os alunos participantes.

Saída de Campo na Ribeira da Padiola

A turma do 8.º C realizou uma saída de campo na Ribeira da Padiola no passado dia 10 de janeiro. Esta atividade permitiu interrelacionar temas de ciências naturais e de cidadania, realizar atividades do DAC e ações em prol dos oceanos, contribuindo assim para o projeto da Escola Azul.

A Ribeira da Padiola situa-se nas proximidades da Travessa dos Maus Mosteiros, em Crestuma.

Os ecossistemas ribeirinhos, à semelhança deste, são hotspots de biodiversidade e desempenham um papel fundamental na manutenção do bom estado ecológico de toda a rede fluvial.

Nesta atividade a turma analisou parâmetros físico-químicos da água da Ribeira, observou a sua biodiversidade e recolheu cerca de 10kg de resíduos sólidos.

Cantar as Janeiras 2020

As janeiras narram a história do Deus Jano que, segundo a mitologia romana, era o guardador das portas e porteiro dos céus. Os romanos invocaram-no para que ele os protegesse e repelisse os maus espíritos, em especial na altura de janeiro. Deste modo, surgiu a tradição das janeiras, aproveitando as pessoas para se cumprimentarem e saudarem o início do ano novo. Atualmente é tradição que grupos de pessoas andem a saudar com cânticos de Boas Novas de porta em porta.

Assim, as alunas do 10.º D, Curso Profissional de Apoio à Infância, proporcionaram momentos muito agradáveis e belos, “As Janeiradas”, na escola e no Centro de Dia e Infantário de Sandim. De realçar a forma como nos acolheram e participaram carinhosamente neste evento tradicional que são as janeiras. Foram momentos particularmente felizes para as pessoas e crianças. Isto revela a importância em manter vivas as nossas tradições que se perdem no tempo.

Um bem haja a quem nos recebeu tão amavelmente.

Continuação de Boas Novas.