DELF Scolaire

DELF – C’est top!

Há já cerca de dez anos que o grupo de Francês da Escola Secundária Diogo de Macedo (Agrupamento de Escolas Diogo de Macedo) dinamiza um projeto que visa ajudar os alunos interessados a melhorar o seu desempenho na LE II e permitir-lhes, em simultâneo, uma certificação, através de um diploma, num determinado nível de proficiência em língua francesa (A2, B1, B2).

Este projeto, que tem tido 100% de sucesso nos exames realizados desde o seu início, destina-se essencialmente aos alunos dos 9.º, 10.º e 11.º anos que frequentam a disciplina de Francês e tem-se revelado de grande utilidade para os que já o realizaram nomeadamente face a futuras oportunidades profissionais.

previous arrow
next arrow
Slider

O que é o DELF Scolaire?

O Diploma de Estudos de Língua Francesa (DELF) é um diploma oficial, passado pelo Estado Francês – Ministério da Educação Nacional, que certifica as competências, em língua francesa, de candidatos estrangeiros. Baseia-se nos níveis definidos no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas do Conselho da Europa (QECR).

 

Os níveis do DELF e os anos de escolaridade:

Nível elementar – corresponde aos exames A1 e A2. O 8.ºano poderá realizar exame de nível A1 e o 9.º e 10.º ano de nível A2.

Nível independente – corresponde aos exames B1 e B2. O 10.º ou 11.º podem realizar o nível B1 ou, eventualmente, o B2.

 

Inscrições em fevereiro e março (até dia 20):

Após a divulgação do projeto, da responsabilidade da equipa coordenadora, os alunos-candidatos inscrevem-se junto dos professores de Francês. A inscrição implica o preenchimento de um impresso disponibilizado em formato digital (ou papel) e o pagamento da quantia correspondente ao nível do exame (destinado à Alliance Française de Porto que se compromete a emitir os respetivos recibos de pagamento em nome de cada candidato – despesas de educação).

Os alunos deverão igualmente comprometer-se a frequentar as aulas de preparação para o exame previamente marcadas e divulgadas (em conformidade com os horários do público-alvo) para cada nível – A2, B1 e B2.

A candidatura deste agrupamento e as respetivas inscrições do grupo de alunos serão entregues no centro de exames por uma professora responsável.

Os custos do exame dependem do nível em que cada um se inscreve e variam entre os 25 e os 40 euros.

 

Calendário e local de realização dos exames em maio de 2019:

As provas coletivas de Compreensão Oral e Escrita e de Expressão Escrita:

B1 – 9 maio (Quinta-feira) 

A2 – 10 maio (Sexta-feira) 

B2 – 10 maio (Sexta-feira)

As provas individuais de Expressão Oral serão marcadas pelo júri provavelmente no mesmo dia.

Normalmente, os nossos alunos realizam os exames na Escola Secundária Dr. Manuel Laranjeira, em Espinho. Os alunos serão devidamente acompanhados por uma professora de Francês durante o período de permanência no local do exame, contudo o transporte é da responsabilidade das famílias. 

Exemplos de provas: 

Cf site http://www.ciep.fr 

Equipa Coordenadora:

Ana Paula Ferreira Maia e Maria João Vieira de Freitas